Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 22 de Novembro, 2012

O que mais pesa nesta vida é a sua transitoriedade. Instantes…tudo dura meros instantes, toda a nossa vida não é mais que um grão de areia, na eternidade cósmica. Uma pena, leve, tão leve que os ventos do tempo rapidamente a apagam da memória. Tudo se torna absolutamente insignificante, ridículamente insignificante, por durar tão pouco. Uma vida, por mais nobre que seja, com o tempo será apagada da memória de todos, até da nossa própria . Quantos dias da minha vida eu já esqueci? Quantas caras, quantos beijos, quantas lágrimas e quanto risos já se apagaram do meu cérebro? Humanos, quantos seres humanos anónimos existiram antes de nós? Seres iguais a nós. Seres especiais e únicos. Cujo nome foi apagado pelas areias do tempo e nunca ninguém o escreveu na estrelas.

Anúncios

Read Full Post »